A Escola

 

CONHEÇA UM POUCO SOBRE A MINHA TRAJETÓRIA

MARCELO SCAVONE

Fundador e proprietário da Escola da Cerveja;

Sócio proprietário da EGAS – Escola de Gastronomia Aires Scavone;

Sommelier de cervejas pela Doemens Academy;

Homebrewer desde 2009;

Membro da Brewers Association (BA);

Membro do conselho editorial da Revista da CERVEJA;

Juiz nacional de concursos;

HISTÓRIA

Marcelo Scavone, nascido em Porto Alegre – RS aos 29 dias do mês de junho de 1973, filho de empresários do ramo da gastronomia.

Neto de avós italianos de ambos os lados, a tradição gastronômica diária e também nos momentos de lazer era o que de mais natural poderia acontecer ao longo de uma vida.

Entre várias histórias que escutava de minha avó era as aventuras dela quando fazia cerveja, aventura pois ao final de todas as etapas restavam poucas garrafas, pois muitas estouravam. Naquela época escutava-se muito que cada produtor tinha uma técnica para que as garrafas quebrassem mesmo, tais como, colocar em local mais fresco, colocar no porão e até mesmo enterrar.

Sempre muito instigado com aquilo, voltava a perguntar vez ou outra, até que com uns 16 anos encontrei um livro que tratava de cerveja e gastronomia, pronto o que estava latente voltou a tona. Na época encontrar os insumos não era tão simples, então novamente a deixei a ideia adormecer, mas somente por poucos anos.

Em 1996, auxiliei meus pais a fundarem uma escola de gastronomia, mas logo dei seguimento em minha recente formação Administração Hospitalar e ao longo de minha carreira na área da saúde fui diretor e gestor de várias instituições de saúde, por quase 15 anos.

Já casado e com 2 filhos, em 2007 resolvi me dar o direito de ter um ano “sabático”, para repensar minha vida.

Foi que em meados de 2008 a convite de um amigo, fui a um bar chamado BIER KELLER, na minha cidade, bar este conhecido nacionalmente como um bar misterioso, onde só entram pessoas convidadas, por sinal além de ainda ser um mistério, foi um dos primeiros bares a servir cerveja artesanal no Brasil.

Lá me deparei com um universo ainda desconhecido, CERVEJA ARTESANAL, lá tomei minha primeira CORUJA VIVA, cerveja puro malte não pasteurizada, muito conhecida pela sua encantadora embalagem, uma ampola de 1 litro formato farmacêutico.

Pronto, fui contaminado!!!! No mínimo 2X por semana lá estava eu aprendendo a degustar os mais diversos estilos apresentados pelo casal de proprietários do BAR.

Naturalmente que em meio a uma cerveja e outra, minha vontade de produzir cerveja, deixaria de ser vontade e agora estava muito perto de se tornar realidade. Fui pesquisar e saber mais sobre o assunto, conheci alguns integrantes do que na época viria a se transformar no que conhecemos hoje como as acervas. Pesquisei cursos no extinto e famoso até hoje, Senai de Vassouras no RJ e lá descobri que haviam alguns gaúchos que lá se formaram.

Ainda em 2009 participei da feira BrasilBrau em São Paulo, fiz alguns cursos de homebrew. Pesquisei e estudei muito livros e como já tinha uma estrutra de Escola de Gastronomia a disposição, resolvi montar um curso de cerveja dentro da Escola de gastronomia. Convidei um mestre cervejeiro para juntos iniciarmos o primeiro curso de Produção de Cerveja Artesanal, por enquanto ainda dentro da estrutura da Escola de Gastronomia da família.

Logo em 2010 o curso de Produção de Cerveja Artesanal, já não era mais um cursos e sim pelo menos 3 tipos diferentes, em 2011 formei-me Sommelier de cervejas pela Doemens Academy, em 2012 os cursos deixaram de fazer parte da grade da Escola de Gastronomia e passaram a integrar a ESCOLA DA CERVEJA, nesta época já oferecíamos pelo menos 6 diferentes cursos.

Em 2010, passei a estudar profundamente uma matéria no ramo da cerveja denominada OFF-Flavors, ou seja, defeitos em cervejas. Saber identificar, saber sua origem e as possíveis correções, quando passível de ser executada. Até hoje ministro cursos nesta área, sempre uma oportunidade de degustar os defeitos e cada vez mais apurar e afinar minha memoria sensorial para este tema.

Em 2012 passei a fazer parte do conselho editorial da revista da cerveja e colunista onde escrevo em praticamente todas as edições trazendo ao consumidor uma análise crítica de todas as cervejas premiadas com medalha de ouro dos principais concursos nacionais e internacionais.

Em 2014 oferecemos o mesmo curso que o SENAI de VASSOURAS oferecia na época inclusive com os mesmos professores. A Escola foi tomando corpo, atualmente com uma estrutura física bem instalada e um rol de pelo menos 15 diferentes cursos a disposição de nossos alunos.

Fui me destacando nacionalmente ao longo destes anos, sendo convidado a palestrar em congressos, eventos, prestar consultorias e cursos in company, e ainda, ser jurado em concursos nacionais e estaduais.

Em 2014 a escola foi a entidade apoiadora do primeiro congresso de cervejas on-line, cujos quais fui um dos palestrantes. Assinando os certificados.

Em 2015 recebemos um ofício do ministério do turismo, elogiando nossos préstimos a comunidade cervejeira local, cuja consequência gerava turismo, emprego e renda para a região.

Em 2016, passei cerca de 45 dias nos EUA me atualizando na área cervejeira, cujas quais visitei mais de 25 microcervejarias e pude analisar sensorialmente mais de 125 diferentes rótulos, degustei muito mais que 125, no entanto estes eu fiz uma análise crítica escrita de cada um deles.

Em 2017, fui responsável pela montagem, desenvolvimento, capacitação e execução do primeiro laboratório cervejeiro em uma universidade estadual no Brasil. Resultou no NEC- Núcleo de estudos cervejeiros da Universidade Estadual de Goiás no Campus de Pirenópolis na cidade de Pirenópolis – GO.

Jurado de vários concursos, organizei o primeiro concurso de cerveja artesanal do maior Festival de cervejas artesanais do Centro Oeste, PIRIBIER, cujos quais sou palestrante até hoje.

Em 2018 participei do maior encontro de cervejeiros e cervejarias artesanais independentes do mundo, o CBC – Craft Beer Conference que naquele ano foi na cidade de Nashville no estado do Tenesse.

Ainda em 2018 juntamente com jurados internacionais, fiz parte como jurado da PRIMEIRA COPA ABRACERVA DE CERVEJAS ARTESANAIS, inédita pois só entram cervejarias independentes. Tal qual os moldes organizados pela BA – Brewer Association.

 

CONHEÇA UM POUCO DE NOSSA ESTRUTURA

 

A Escola da cerveja

A regra de ouro na produção de alimentos e bebidas, adverte que “antes de criar, é preciso saber fazer do jeito certo”.

A Escola da Cerveja (EC) é a primeira organização educacional a abranger aspectos teóricos e práticos sobre a bebida mais popular do mundo, reunindo os melhores profissionais em todos os níveis e campos de estudos cervejeiros.

A EC também disponibiliza serviços especializados para empreendedores, buscando integrar a cadeia produtiva através de consultorias técnicas que observam e orientam os procedimentos de produção, as análises sensoriais e as metodologias de gestão comercial e mercadológica nos empreendimentos direcionados ao público cervejeiro.

Estamos localizados em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, um pólo cervejeiro em franca expansão e com forte intercâmbio com matrizes europeias e norte-americanas.

Satisfaça a sua sede por conhecimento sobre o consumo e produção cervejeira com quem é do ramo.

A Escola da Cerveja aguarda o seu contato!