Como Montar uma Cervejaria em 10 passos - 5,6.7 e 8 de Dezembro

R$2.640,00

As panelas já não estão mais dando conta do tamanho da produção?

Chega a hora em que o cervejeiro deixa de produzir cerveja só para os amigos e almeja voos mais altos.

O mercado de cervejas especiais segue em franco crescimento, nunca se viu tantas pessoas investindo no mercado de cerveja artesanal como agora. Neste meio há espaço para todo mundo, e se você está pensando em investir no próprio negócio e aliar prazer, divertimento e lucro, você está no caminho certo.

Este Workshop ajuda futuros empreendedores cervejeiros a:

  • Definir seus projetos de implantação de uma cervejaria,
  • Planejar a capacidade produtiva,
  • Compreender o potencial do mercado,
  • Simular o impacto financeiro de suas escolhas e a estudar a viabilidade econômico-financeira, preparando o projeto, caso necessário, para obtenção de financiamentos e investimentos.

Estruturamos este workshop em 10 passos, com conteúdo de aproveitamento imediato, para facilitar o entendimento e estruturação das etapas a serem seguidas para você implementar com maior segurança sua própria cervejaria.


Porque participar?

Trata-se de um treinamento totalmente prático com conceitos que norteiam a estruturação de uma cervejaria.

Será utilizada uma planilha de simulação desenvolvida especialmente para o curso, com acompanhamento em tempo real do impacto de cada um dos 10 passos na viabilidade e no dia a dia do seu negócio.

Ao final do curso e vencidas as 10 etapas, você terá em mãos um projeto de negócio totalmente estruturado, pronto para colocar em prática, no tamanho do seu “bolso” e do seu “sonho”.

Conteúdo

  1. Escolha do local e aspectos legais das instalações e da estrutura física

Tendo em vista que uma cervejaria, independentemente de seu porte, é considerada uma indústria, o conhecimento da legislação bem como a lista de exigências, procedimentos e pré-requisitos pertinentes a localização, instalações e estrutura física serão desmistificados neste passo.

  1. Abertura da empresa e legislação relativa a cervejarias

Neste passo alinharemos as questões de enquadramento jurídico e demais legislações que implicam na operacionalização e andamento da cervejaria, combinando com outros gastos pré-operacionais.

  1. Escolha dos equipamentos e melhor configuração e adequação da capacidade produtiva

Etapa crucial a ser vencida e entendida, em que apresentaremos as questões pertinentes ao dimensionamento e orçamento de equipamentos de fabricação, ou seja, os investimentos para implantação de uma fábrica de cerveja. Abordaremos também os orçamentos para estrutura de envase e conservação, estrutura de distribuição, estrutura de retaguarda administrativa e ainda, arquitetura, projeto de adaptação e reforma de imóvel.

  1. Escolha das receitas das cervejas e o impacto delas no valor dos produtos

Nesta etapa você poderá compreender de uma vez por todas o impacto real dos principais insumos (água, malte, fermento, lúpulo) em cada receita e ainda a importância e o cálculo do rendimento do seu equipamento e demais consumos, como energia elétrica, gás e água de processo e de utilidade. A partir deste momento teremos informações suficientes para entender a composição do custo das mercadorias produzidas e a necessidade de estoques iniciais.

  1. Escolha do enquadramento tributário

Vencida a etapa de simulação dos insumos e custos de produção, é chegada a hora de pensar nas fontes de receitas. Mas para isso, é necessário previamente escolher um regime de enquadramento tributário (lucro real, lucro presumido ou SIMPLES) e entender as consequências da tributação sobre o negócio, absorvendo conhecimentos sobre a legislação tributação brasileira para cervejas, um assunto tão complexo: impostos e alíquotas incidentes, bases de cálculo e possibilidades de ganho de competitividade.

  1. Estudo das estratégias de precificação e distribuição

Alinhar a oferta de produtos (mix de estilos, apresentação e embalagem) com as estratégias de precificação e distribuição são os objetivos desta etapa. Entendendo nossos custos de produção e a tributação, vamos aprender a precificar nossas cervejas e a definir a melhor estratégia de comercialização para cada projeto.

  1. Escolha e definições estratégicas para RH, Marketing e TI

A litragem produzida influenciará diretamente na equipe de RH. A quantificação do pessoal da produção, do administrativo, da área de vendas e de distribuição são importantes para que se possa executar a projeção da folha de pagamento a partir dos salários de cada uma das funções. As estratégias de marketing, marca, publicidade e propaganda para alavancar as vendas necessárias serão brevemente esplanadas, bem como os melhores caminhos para utilização de TI para controles administrativos e fabris.

     8. Montagem do orçamento

Praticamente na etapa final de compilação de todas as informações até então absorvidas, transformaremos todos estes números em orçamento da operação, simulando as despesas relativas a infraestrutura: imóvel, água, luz, fone, internet, manutenção, seguros, segurança, capacitação e treinamento da equipe e algumas assessorias e consultorias necessárias, contábil, jurídico, marketing, gestão, etc.

  1. Análise e simulação de cenários para o crescimento

Com os números em mãos podemos agora simular o crescimento da nossa cervejaria em diferentes cenários, avaliando hipóteses de tamanho e capacidade produtiva da nossa cervejaria, antes de tomar qualquer decisão que impacte financeiramente. Testando diferentes possibilidades na planilha de simulação desenvolvida especialmente para o curso, vamos visualizar o melhor projeto possível, nas condições que você visualiza para o seu empreendimento.

  1. Montagem do plano de negócio para atrair investidores e financiadores

Diante de todas as definições prévias, na última etapa aprenderemos a transformar todas essas informações em um projeto claro e vendável para investidores, futuros sócios ou entidades financiadoras.

Compartilhar: